Prefeito de Catende é afastado suspeito de integrar grupo criminoso que desviou recursos públicos da gestão municipal

Prefeito de Catende, Josibias Cavalcanti (PSD), de 89 anos, foi afastado do cargo pela Justiça na manhã desta quarta-feira (4). De acordo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), ele é suspeito de integrar um grupo criminoso que desviou recursos públicos da gestão municipal. O esquema era liderado pelo secretário de Governo, Alexandre Cavalcanti, que é filho do prefeito.

Além do gestor do município da Mata Sul, o filho do prefeito e outros seis servidores públicos também foram afastados durante a terceira etapa da Operação Gênesis, que contou com o apoio das polícias Civil e Militar. Também foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Os indícios de atos de improbidade que sustentaram o pedido de afastamento do prefeito e demais agentes públicos foram obtidos mediante a apreensão e análise de documentos nas etapas anteriores da Operação Gênesis, desencadeada pelo Grupo de Apoio Especializado de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPPE).

Nas etapas da operação, “foram comprovadas práticas como fraudes em licitações, vendas de notas fiscais, contratação de empresas laranjas” e má administração de recursos públicos, segundo o Ministério.

Em paralelo ao afastamento do prefeito, foram oficialmente notificados o vice-prefeito e a Câmara de Vereadores de Catende para proceder à realização de sessão extraordinária da casa, a fim de que o vice-prefeito assuma o Poder Executivo municipal.

Do G1 Caruaru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *