“Guerra” política marca primeiro dia do mês de agosto no PT

A novela que já vem se arrastando há alguns meses ao redor da candidatura própria ou não do Partido dos Trabalhadores ao Palácio do Campo das Princesas tem ganhado capítulos diariamente, porém nessa quarta (01), foram vários episódios em sequencia em um curto espaço de tempo.

Pela manhã especulações davam conta de que a executiva nacional iria optar pela aliança com PSB, a tarde uma reunião em Brasília bateu o martelo, antes do anuncio oficial do partido, a pré-candidata Marília Arraes, disse que tudo não passa de tentativa de derrubar sua postulação.

Em outro momento, o PT nacional anunciou apoio ao PSB em 4 estados inclusive em Pernambuco, em seguida Marília concedeu entrevista coletiva no Recife e disse que ainda haveria uma decisão final, para Pernambuco, depois da coletiva, a cúpula do partido dos trabalhadores emitiu nota oficial, ratificando a aliança petista com os socialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *