Blocos líricos resgatam antigos carnavais e celebram o saudosismo à beira do Rio Capibaribe, no Recife

 

O encontro Aurora dos Carnavais reuniu, neste domingo (9), Dia do Frevo, as apresentações de 26 blocos líricos na Rua da Aurora, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. Um cortejo de flabelos deu início à folia, à beira do Rio Capibaribe.

A professora e cabeleireira Ana Maria da Silva, de 56 anos, tem todas as letras dos frevos tradicionais na ponta da língua e não parou de dançar um minuto sequer. Ela acompanhou a festa, ao lado do marido, de parentes e de amigos.

“Todo ano eu estou aqui. Adoro carnaval, para mim é tudo. É a melhor festa do ano. Sou pernambucana da gema”, disse, brincando com a expressão dita pelos cariocas.

A dona de casa Maza da Silva, de 59 anos, contou que participa de todas as edições da Aurora dos Carnavais, existente há 21 anos. Além de aproveitar a festa, ela se apresentou junto com o bloco Flabelo Encantado, de Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

“É o melhor evento, principalmente para os blocos líricos. Resgata os velhos carnavais, uma tradição que não pode morrer nunca e tem que ser renovada, passada para as outras gerações. Por isso sempre trago a minha neta. Ela só não veio hoje porque está doente”, afirmou.

Com informações do G1 PE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *