ADAGRO se pronuncia sobre fechamento de barreira no Ambó

A Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco se manifestou depois de uma semana do fechamento da barreira sanitária do povoado do Ambó, no entroncamento dos municípios de São José do Egito, Itapetim e Brejinho. Segundo a Adagro, após a análise do trânsito na região, foi verificado que o serviço da barreira era ineficiente por ser fixo. A fiscalização está mais eficiente pois acontece em vários trechos da região diariamente. “Este serviço teve início no dia 14/05 e até hoje (06/06) foram abordados 321 veículos e aplicadas nove autos de infração, resultado que demonstra a melhoria da fiscalização”. Diz um trecho da nota.

O órgão também falou sobre uma moção de repudio que um servidor levou, da câmara de vereadores de Itapetim. “Com relação a moção de repúdio da Câmara dos Vereadores de Itapetim sobre a conduta do servidor veiculada pela imprensa local, a Adagro informa que ainda não recebeu formalmente nenhum documento. Ressaltamos que o servidor em questão sempre cumpriu as normas e legislações agropecuárias de forma íntegra e zelosa”, conclui a nota, em alusão ao servidor Leônidas Leite de Siqueira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *