O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (1º) que, no que depender dele e de ministros de seu governo, inclusive o da pasta da Saúde, o Brasil sediará a Copa América de futebol neste ano.

Conmebol anunciou na segunda (31) que havia escolhido o Brasil como sede da competição. A entidade chegou a agradecer Bolsonaro por “abrir as portas” do país. A entidade é a responsável pela realização da competição e pela definição da sede.

O anúncio do Brasil como sede ocorreu após desistência de Colômbia e Argentina.

Horas depois, ainda na segunda, o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou que ainda não havia confirmação da realização da Copa América no Brasil. Nesta terça, Bolsonaro disse que a decisão está tomada.

“No que depender de mim, de todos os ministros, inclusive o da Saúde, já está acertado, haverá [Copa América no Brasil]. O protocolo é o mesmo da Libertadores, é o mesmo da Sul-Americana e também da Libertadores”, disse Bolsonaro a apoiadores nesta terça.

O presidente disse que foi procurado pela CBF na segunda para tratar do assunto e que conversou com “todos os ministros interessados”. “Da nossa parte, positivo”, completou ele.

Mais tarde nesta terça, em evento no Palácio do Planalto, Bolsonaro voltou a falar sobre a competição e disse que, “no que depender do governo federal, será realizada a Copa América no Brasil.”

Críticas

Share:

author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *