Presos também se rebelaram em São José do Egito

 

Na segunda(02), todos os detentos da cadeia pública de Serra Talhada já tinham realizado um motin e destruído todo espaço onde eles estavam presos. Na quarta(04), foi a vez São José do Egito. Segundo informações repassadas pela polícia, os apenados egipcienses destruíram parcialmente as celas que estavam presos e queimaram colchões.

A cadeia tinha cerca de 45 detentos. Depois da manifestação, pelo menos onze presos tiveram que ser transferidos para o Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, até que os reparos sejam realizados pelo setor de engenharia da secretaria. Não houve registro de feridos nem de fugitivos durante a confusão.

A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), responsável pela segurança em cadeias públicas, realizou um revista no local. A cadeia de São José do Egito tem capacidade inferior ao número de detentos no local.



Deixe uma resposta