Márcio Goiano refuta chance de poupar mais jogadores do Náutico contra o Remo

Náutico entrou em campo contra o ABC-RN, no último sábado, com três jogadores pendurados: o goleiro Bruno, o zagueiro Camutanga e o atacante Robinho. Os três tomaram o terceiro cartão amarelo e se “limparam” para a fase de mata-mata, já que vão cumprir suspensão no último jogo da fase de grupos, contra o Remo, no Estádio Mangueirão. Apesar da partida não ter muita importância para o Timbu, o técnico Márcio Goiano não se mostrou favorável a poupar outras peças.

Na teoria, o jogo não vale de muita coisa para o Náutico porque, além da classificação, o Timbu já garantiu o direito de disputar a segunda partida das quartas de final em casa. Isto porque, com 30 pontos ganhos, o time termina a primeira fase na segunda colocação na pior das hipóteses. E tem grandes chances de garantir a primeira colocação, que lhe daria o direito de decidir em casa nas fases seguintes da Série C. Para isso, basta empatar com o Remo.

Do Globo Esporte PE





Deixe uma resposta